Fonte: +A a-


Revista de Marketing Industrial nº 55


Sinopse

ESMEROware
José Carlos T. Moreira

O autor cria o neologismo que define o modelo mental (e também operacional) de um bom fornecedor para que, através do esmero, ele se destaque dos demais - na percepção do seu cliente - e tire o melhor proveito disso.

A gestão de preços em empresas válidas
Alex Carneiro

Empresas válidas estão comprometidas com a ética, a sustentabilidade, a evolução, a prosperidade dos clientes e querem merecer os lucros que obtêm. Então, como devem ser concebidos e administrados os preços que elas praticam? Para o autor, a gestão dos preços faz parte da construção da imagem de uma empresa no seu mercado.

A Lógica Dominante do Serviço: Será que tudo é B2B?
Luis Miguel Araujo

A "service dominant logic" - (S-D Logic) é uma vertente atual de pensamento que remove antigas premissas para adequar a estrutura do marketing à realidade da crescente importância dos serviços nos processos de criação de valor. Conheça mais sobre o tema a partir das reflexões do autor, um renomado especialista internacional.

Computação Social e os tempos de redefinição - A tecnologia empossada pela sociedade prepara mudanças profundas.
Edson Fregni

A internet, as redes sociais, o poder das comunidades virtuais e as possíveis repercussões de tudo isso na vida das pessoas e dos negócios foram objeto de debates no 23° Fórum de Marketing Industrial, tomando por base o conteúdo trazido pelo ilustre professor, por ele mesmo transformado neste artigo.

Valor Digital
Rafael Meireles Yoshioka

Mudar o modelo pode ser uma idéia brilhante. Neste exemplo de empreendedorismo exponencial, um jovem empresário da área digital nos desvenda novos modelos de cooperação, capazes de criar valor para os diversos participantes e dar um novo sentido aos seus negócios.

Felicidade interna bruta
Andréa Fortes

Ela foi até o pequeno Butão, para ver de perto o que acontece naquele que (dizem) é o país mais feliz do mundo. Que coisas eles têm para nos ensinar? Como medir a felicidade coletiva? Para a autora, ver o mundo sob outra perspectiva foi uma experiência fascinante.

Você conhece “mesmo” o seu cliente? Esse é um ponto essencial para a formulação das táticas e das estratégias da sua empresa!
Luis A. R. Briones

Fazer distinção entre as necessidades e os interesses dos clientes, estar sempre por perto para captar as suas mudanças e, a partir disso, formular e atualizar estratégias e táticas é o que nos ensina o autor, nesse artigo muito rico em conceitos e que permanece atual, 15 anos depois da sua primeira publicação.

Pirates of Talent Across Cultures Pirates of Talent Across Cultures
Fernando Lanzer Pereira de Souza

Descobrir, formar e reter talentos é essencial para o futuro das empresas. No mundo global, porém, as receitas de como fazer isso variam em função da dinâmica dos mercados e das diferentes culturas onde as empresas estão. O autor nos mostra como gerir os talentos de uma empresa e preservá-los dos piratas, que estão em toda parte.

Construção e manutenção de marcas fortes em um mundo sustentável
Renato Abe

As marcas das empresas são construídas em todos os pontos de contato delas com os seus públicos. Neste artigo, o autor concebeu um diagrama interessante que mostra como isso acontece e porque certas marcas tornam-se mais fortes, outras nem tanto.

Discursos desalinhados com as práticas: impactos na competitividade e na gestão
Gustavo e Marcelo Boog

Os autores realizaram uma pesquisa de âmbito nacional sobre a congruência entre os discursos e as práticas de gestão de pessoas, em empresas de diversos tamanhos e de diferentes áreas. Com base nos resultados obtidos, eles sugerem novas propostas.

Visita ao cliente: sempre uma nova viagem
Brasil G. Manfrin

Nos tempos da internet, visitar os clientes continua sendo muito importante: desde que não seja por mera rotina. Para o autor, cada vez mais, visitar o cliente é uma ação necessária, desde que criativa e fértil.

Open Innovation – design e colaboração gerando valor em serviços
Marcelo Paes*

Serviços como tendência, open innovation como ferramenta versátil, design e colaboração como novos meios. Os caminhos da inovação também se inovam e isto podemos ver nesta instigante contribuição do autor.

A nova lei florestal e a sustentabilidade do agronegócio
Marcos da Cunha Ribeiro

O Brasil está em vias de ganhar um novo Código Florestal e as posições assumidas pelos diversos atores envolvidos, mais biocêntricas ou mais antropocêntricas, têm sido objeto de árduas negociações, no Congresso Nacional. Neste artigo, um executivo de máquinas agrícolas se posiciona e avalia as implicações, para o agronegócio, das principais propostas do novo Código.