Fonte: +A a-


Revista de Marketing Industrial nº 56


Sinopse

Valor pela ausência
José Carlos T. Moreira

Dois executivos experientes trocam ideias sobre as coisas que ganham valor pela sua ausência. Os exemplos que eles citam são frequentes no ambiente dos negócios e podem frustrar, embora não devessem, oportunidades de lucro e de progresso e a inserção do tempo do cliente nas agendas e nos cronogramas.

O básico pode ser muito inovador
Paulo Grise

Comprar e vender são dois lados do mesmo processo. Porém, as atitudes positivas das equipes nele envolvidas podem fazer toda a diferença e fortalecer relações entre empresas, com ganhos para ambos os lados.

Clientes, escolhas e a satisfação como diferencial competitivo
Marcos Sardas

O relacionamento com os clientes tornou-se uma componente decisiva para o sucesso comercial. No marketing industrial isso implica conhecê-los bem e, sobretudo, escolhê-los, sejam eles clientes finais ou distribuidores. O artigo traz dicas muito úteis e atuais para a gestão das relações com os clientes.

Take off your glasses
Fernando Lanzer Pereira de Souza

Cada vez que estivermos diante de uma cultura diferente, é bom trocarmos os óculos: para entender melhor os fatos, as tendências e discernir sobre as interpretações da realidade que são feitas com os óculos antigos.

Spin-offs e Spin-outs: A evolução de tecnologias
Spero Penha Morato

Primeiro, o spin-off: o pesquisador virou empresário de lasers. Depois, dois spin-outs: a empresa mãe gerou outras duas. Agora, ele nos mostra o que descobriu, pela prática, sobre os formatos mais propícios para os negócios de base tecnológica.

Terceiros viram parceiros
Daltro Salvador

Bons terceiros viram parceiros, e por isso os critérios para decidir o que e como terceirizar também estão mudando. O autor, do ramo de TI, ajuda seus clientes a decidir o que terceirizar; e de sua experiência extraiu alguns preceitos que são válidos também para outros segmentos empresariais.

Saúde integral – Um ensaio
Maria José Femenias Vieira

"Todo ser humano é psicossomático. Mas em nenhum momento deixa de ser psíquico para ser somente soma." Sobre isso nos fala a autora, uma médica preocupada com os executivos que não cuidam, como seria devido, das demandas do corpo, da mente e do espírito.

Alguém já pensou nessa obrigação?
Mariano Janiszewski

A saúde é um bem público, o conhecimento científico evolui, mas as indústrias farmacêuticas precisam ter lucros e os cidadãos precisam colaborar, como voluntários para a pesquisa médica. O autor sugere diferentes pontos de vista que fazem desse texto uma leitura instigante.

Toneladas de sorrisos – Muito além dos bons frutos de uma ação social
Sergio G. Vaz

Reunidos em torno de uma ação social integradora, os colaboradores de uma empresa ganham coesão, força e mobilidade para enfrentar desafios maiores. O texto trata das boas lições que uma empresa tirou para si mesma, no curso de sua iniciativa.

O trabalho traz felicidade?
Sigmar Malvezzi

O autor não responde à pergunta que ele mesmo faz, é claro. Mas realça muitos ângulos de uma questão sobremodo antiga, que permanece muito atual. Uma reflexão importante, inclusive para os planos de vida e de carreira.